Pintor acusado de espancar e matar idoso que recusou transferir dinheiro é condenado a 42 anos de prisão, no Ceará

  • 11/06/2024


A denúncia foi oferecida pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MP). Jose Ericsson Brito da Câmara também praticou lesão corporal contra a esposa da vítima de assassinato. Casal de idosos foi vítima de violência, em Fortaleza. TV Verdes Mares/Reprodução O pintor acusado de espancar e matar um idoso dentro da própria residência da vítima no Bairro Conjunto Esperança, em Fortaleza, foi condenado a 42 anos de prisão. Ele cometeu o crime após a vítima recusar a fazer a transferência de um valor em dinheiro. ✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 Ceará no WhatsApp Ele também praticou o crime de lesão corporal contra a esposa da vítima, também idosa, e deve pagar uma indenização por danos morais a ela no valor de meio salário-mínimo, com atualização monetária e dos juros da taxa Selic. LEIA TAMBÉM: Motorista de app dá voadora e vandaliza portão de condomínio após reclamar de demora para abrir Criminosos que mataram policial usavam tornozeleira e respondiam por homicídio e tráfico Jose Ericsson Brito da Câmara vai cumprir a pena em regime fechado, pelos crimes de dupla extorsão qualificada, um com resultado morte e outro com lesão corporal. O réu estava preso desde a noite do crime, permanecendo preso durante todo o processo criminal. Relembre o crime Pintor espanca casal de idosos em Fortaleza e mata idoso de 64 anos O caso aconteceu em maio de 2023. Jose Ericsson Brito da Câmara foi até o apartamento do casal de idosos com o pretexto de finalizar um serviço de reparo em reboco. Na ocasião, José Ericsson pediu para que a idosa fosse até uma loja comprar materiais de construção para a finalização do serviço. Quando a mulher se ausentou, José começou a extorquir Francisco das Chagas Pereira Chaves, de 64 anos, e, por não conseguir dinheiro, agrediu-o na cabeça com uma barra de ferro. O idoso morreu quatro dias após as agressões. Quando a mulher retornou, José a amarrou, a torturou e passou a exigir dinheiro dela, pedindo que ela fizesse transferências via pix. Como a mulher respondeu que não possuía chave pix, o réu a obrigou a entregar seus cartões e senhas bancárias. Depois disso, José sacou o valor de R$ 1 mil da conta bancária da vítima. Sandra Pires Pereira, de 64 anos, também foi agredida, mas sobreviveu. Ela e Francisco das Chagas são professores aposentados. Sobre a prisão Ainda conforme informações do Ministério Público, no mesmo dia, o denunciado foi até a residência dele e, por volta das 19 horas, pediu para um amigo o levar até uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), alegando que havia deslocado o ombro em casa após uma queda. Ao constatar que o agressor havia deixado a residência dela, a idosa saiu do quarto e pediu socorro aos vizinhos, que chamaram a Polícia. O pintor foi preso na UPA Canindezinho, às 21h30. Assista aos vídeos mais vistos do Ceará:

FONTE: https://g1.globo.com/ce/ceara/noticia/2024/06/11/pintor-acusado-de-espancar-e-matar-idoso-que-recusou-transferir-dinheiro-e-condenado-a-42-anos-de-prisao-no-ceara.ghtml

Aplicativos


Locutor no Ar

Rádio Viva FM

Musical da Rádio Viva FM

00:00 - 23:59

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

top1
1. Gabriela Rocha

Lugar Secreto

top2
2. Nívea Soares

Ousado Amor

top3
3. Luma Elpidio

Que Amor é Esse

top4
4. Morada

Para Onde eu Irei

top5
5. André Aquino

Quando ele vem

Anunciantes